Conta de água em condomínios: saiba como reduzi-la

A conta de água é uma das maiores despesas em condomínios, levando boa parte do orçamento mensal. Porém, seguindo algumas dicas, é possível reduzir de maneira eficiente o consumo de água no conjunto e economizar um bom dinheiro.

O primeiro passo é criar uma campanha de conscientização. Distribua cartazes pelos murais, elevadores e envie cartas aos apartamentos. A ideia é diminuir o consumo e, para isso, é necessário que moradores e funcionários entendam o sentido da campanha.

Nas áreas comuns do prédio, é possível economizar consideravelmente. Algo que deve se tornar rotina em um condomínio mais sustentável é fazer inspeções periódicas para checar se existem vazamentos. Trocar torneiras, chuveiros e vasos sanitários antigos por versões mais modernas é um investimento que se paga rapidamente com a economia nas contas.

Na limpeza do edifício e no trato com as plantas é possível economizar de várias maneiras, entre elas, captando e reservando água da chuva, para reutilizá-la nesses serviços e também substituir as mangueiras por regadores ou esguichos-revolveres. Cobrir as piscinas fora do horário de uso reduz a evaporação da água, o que gera uma grande economia na hora de reencher as piscinas.

Outra opção indicada por especialistas para reduzir o consumo de água é a individualização de hidrômetros. Medida que é lei em edificações mais novas, faz com que o condômino paga apenas o que a sua unidade gastou – além dos custos da água utilizada nas áreas comuns. Essa, porém, é uma alternativa mais complexa, já que precisa de um maior investimento e de aprovação por assembleia para sua implementação.