Como facilitar a prestação de contas do condomínio

É lei. A prestação de contas do condomínio deve ser feita e aprovada anualmente em assembleia, de acordo com o Código Civil. Na maioria dos conjuntos prediais, essa assembleia ocorre no começo do ano e síndicos e administradores correm para tentar se organizar para conseguir fazer a prestação da melhor maneira possível. Mas não é por ser lei, que a prestação de contas precisa ser algo complicado e trabalhoso.

DOCUMENTAÇÃO

São vários documentos que devem ser apresentados durante a prestação de contas do condomínio. Esses documentos podem estar com o síndico ou com a administradora.
Entre eles estão:

Certidões negativas do INSS, FGTS e Receita Federal. Sendo necessário os documentos do condomínio, da administradora, e também de empresas terceirizadas prestadoras de serviço.

Certificados de segurança, como Ria dos elevadores, certificados de brigada de incêndio, para-raios e os seguros do prédio e funcionários.

Além de um demonstrativo de despesas e um balanço contábil, que também precisam estar na prestação de contas do condomínio.

 

BALANÇO

O balanço contábil deve ser de fácil entendimento para todos presentes na assembleia de prestação de contas do condomínio. Nele devem conter informações pertinentes como: despesas com pessoal (salários, férias, etc), despesas fixas (água, luz, contratos de manutenção…) e despesas variáveis (como recarga de extintores, por exemplo).

 

TRANSPARÊNCIA

Todos os documentos devem estar à disposição dos condôminos na hora da prestação de contas do condomínio. Mas é melhor para todos que os moradores possam acompanhar as contas do conjunto durante o ano. Existem softwares online que permitem o acesso dos moradores a portais onde eles podem checar essas informações. Assim a prestação de contas fica mais fácil, já que os condôminos já têm acesso a maioria dos dados que serão apresentadas.

ORGANIZAÇÃO

Organizar a quantidade de documentos necessários para a prestação de contas do condomínio pode ser uma tarefa complicada. Porém é possível facilitar esse trabalho digitalizando os documentos e controlando as despesas e receitas por softwares de administração condominial. Com os documentos disponíveis online, é possível solucionar o problema de organização.

SOLUÇÃO

A Union DATA, empresa com mais de 30 anos de experiência com softwares para administração condominial possui ferramentas que facilitam muito a prestação de contas do condomínio. O ConPAG – contas a pagar, facilita o pagamento das contas do prédio e emite recibos de pagamentos, fáceis de serem controlados. Já o Condominium, é a ferramenta completa de administração condominial, permitindo um grande controle contábil, além de ter módulos para digitalizar e controlar toda a documentação do condomínio. A ferramenta também permite que moradores acessem e acompanhem um portal com várias informações do condomínio. Para descomplicar, Unifique.

Os desafios do Mercado Imobiliário em 2018

2017 não foi o melhor ano para o mercado imobiliário no Brasil. A crise econômica derrubou o setor, deixando cada vez mais complicado encontrar compradores e locatários para casas e apartamentos. Apesar dos desafios, as perspectivas para o ano que se inicia são boas.

O mercado imobiliário é um dos principais pilares da economia, gerando muitos empregos no país. Por conta disso, os investimentos no setor devem voltar, juntamente com a retomada econômica esperada para 2018. Mesmo com a possível melhora da economia, os clientes ainda mantém certo receito em comprar ou alugar imóveis novos, tendo em vista a sensação de instabilidade deixada pela crise. Então, é necessário que as imobiliárias encontrem novas maneiras de se ligar aos clientes e reconquistar a confiança no mercado.

Economia

O grande ponto para conseguir melhores vendas e locações em no mercado imobiliário em 2018 é acreditar – e vender – a recuperação econômica. O mercado está otimista com a possível baixa de juros que deve impulsionar todos os setores neste ano. E o ramo imobiliário deve seguir essa onda. As pessoas terão dinheiro para investir, mas o medo ainda estará com elas. Passar confiança para os seus clientes é crucial, procure informações sobre o tema e dê a eles a segurança de que é o momento certo para investir.

Tecnologia

Outro aspecto que pode fazer a diferença no mercado imobiliário em 2018 é o uso da tecnologia para facilitar e agilizar o trabalho de corretores. Existem aplicativos que controlam toda a rotina de captação e divulgação dos imóveis disponíveis para locação e venda. Inclusive com controle dos possíveis interessados em cada imóvel. Contar com ferramentas como essa pode fazer a diferença na hora de lidar com a concorrência, pois o corretor terá em suas mãos todas as informações necessárias para fazer a venda ou locação.

A Union DATA, empresa líder no segmento de softwares para Administração Condominial, também possui ferramentas especializadas para o mercado imobiliário. É o do FRONT Imobilis, sistema que auxilia o corretor nas suas tarefas diárias. Conheça as soluções da Union DATA e saia na frente em 2018.

Dicas para resolver conflitos em condomínio

Uma das principais funções de um síndico ou administrador é resolver os conflitos em condomínios. Essas desavenças entre moradores, proprietários e locatários surgem por diversos motivos e, na maioria dos casos, é possível solucionar os problemas ou até mesmo antecipá-los, para que novos confrontos não ocorram.

Em um ambiente comum, dividido por diversas pessoas é comum que as pessoas tenham interesses que colidam umas com as outras. Portanto é quase impossível que não haja conflitos em condomínios, mas é possível mediá-los da melhor maneira possível, respeitando ambas as partes e sabendo encontrar uma resolução, que mesmo que não agrade todos os envolvidos, resolva a situação.

Deveres do síndico

Primeiro é importante lembra que segundo a lei, compete ao síndico:

“Cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia” e “Cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas”. Ou seja, às vezes é necessário sim aplicar sansões e até multas aos moradores, caso estejam infringindo alguma regra e por isso causando conflitos no condomínio.

Saber ouvir

Mas essas devem ser medidas utilizadas apenas em último caso. Os conflitos em condomínio podem ser solucionados com uma gestão mais tranquila, amigável. É importante saber ouvir as partes. Tente entender os fatos, para além das versões que uma ou outra parte do problema produzem. Assim, você não tomará partido erroneamente e solucionará o problema da melhor maneira possível.

Conheça os condôminos

Em um conjunto muito grande é difícil conhecer todos os moradores, porém é importante para resolução de conflitos em condomínios saber quem são os condôminos e ajustar sua maneira de gerir as negociações de acordo com a personalidade de cada um.

Seja discreto

O síndico ou administrador às vezes acaba sendo o responsável por criar novos conflitos no condomínio, por comentar ou deixar escapar detalhes de situações de um morador para outro. Por isso é importante manter a discrição sobre algumas informações que você, pela posição, acaba recebendo. Além de ser uma questão de educação, isso também fortalece seu relacionamento com os condôminos e facilita a convivência.

Paciência

Nem todo conflito em seu condomínio será resolvido logo de cara. Pessoas são diferentes e têm histórias de vida distintas. Por isso, em alguns casos, será necessário explicar e exemplificar mais de uma vez alguma coisa para que todos entendam e cheguem a um acordo. A paciência é imprescindível em uma função como a de síndico, em que se tem de lidar com as expectativas das pessoas o tempo todo.

Transparência como maior aliada

Quanto mais informações sobre o funcionamento da administração os moradores tiverem, melhor será o relacionamento entre eles e os síndicos. As pessoas esperam é clareza e honestidade nas prestações de contas e facilidade para encontrarem informações sobre o condomínio. A Union Data oferece soluções digitais que aumentam a transparência na gestão do conjunto e facilitam na integração dos condôminos. Os softwares da empresa, referência no mercado, oferecem, por exemplo, a prestação de contas online, para que os moradores possam conferir os gastos do condomínio pelo seu computador. Oferece também soluções que possibilitam a gestão de espaços comuns, evitando conflitos por datas e aluguel de churrasqueiras ou salões de festa. Ainda permitem também a divulgação de atas de assembleias e outros comunicados de maneira digital. Conheça os benefícios que os produtos da Union Data podem trazer para sua empresa.